Páginas da guerrilha: uma análise do discurso da esquerda armada brasileira
Fecha: 2011 10 03
Grupo: Artículos
País: Brasil
Categoria : Comunicado
 Logo del Grupo:


 Ficheros del Artículo:

Descargar Archivo
Nadai_Fulaneti.pdf


PÁGINAS DA GUERRILHA: UMA ANÁLISE DO DISCURSO DA ESQUERDA ARMADA BRASILEIRA

Por Oriana de Nadai Fulaneti
Universidade Federal Fluminense (UFF)

RESUMO: Este artigo procura desenvolver algumas reflexões acerca da historicidade dos discursos, visando contribuir com os estudos semióticos por meio da realização da análise da estrutura e do funcionamento do discurso das duas organizações mais importantes da esquerda armada brasileira, a Ação Libertadora Nacional (ALN) e a Vanguarda Popular Revolucionária (VPR), à luz dos conceitos retóricos de éthos e páthos. No contexto da ditadura brasileira e sob a influência de acontecimentos como a Guerra do Vietnam e a Revolução Cubana, entre outros, uma parcela da esquerda decide pegar em armas para lutar contra o governo, formando grupos militantes armados, que atuaram no Brasil entre 1968 e 1973. Esses grupos foram massacrados pelo regime militar, grande parte dos combatentes sendo assassinada e os sobreviventes passando por tortura, prisão, clandestinidade e exílio. No intuito de compreender a opção pela luta armada, bem como os valores e os impulsos de mobilização desses indivíduos, realizamos uma análise comparativa dos elementos éticos e passionais em documentos deixados pela ALN e pela VPR, com base nos princípios teórico metodológicos da semiótica discursiva de linha francesa. A abordagem da noção de ator da enunciação e, em particular, da ideia de éthos e de páthos, a partir da perspectiva semiótica, revelou semelhanças e diferenças entre os discursos da ALN e da VPR, fundadas essencialmente nos aspectos passionais.

Palavras-chave: discurso da luta armada, semiótica discursiva, ator da enunciação, éthos, páthos

ABSTRACT: This paper presents some reflections on discourse historicity aiming to contribute to the field of semiotic studies by examining the discoursive structure of texts of the two most important Brazilian armed left-wing organizations, namely the Ação Libertadora Nacional [National Liberty Action] (ALN) and the Vanguarda Popular Revolucionária [Popular Revolutionary Avant-Garde] (VPR), in the light of the rhetorical concepts of éthos and páthos. In the context of the dictatorial period in Brazil, and influenced by the ideals of the Vietnam War and the Cuban Revolution, amongst other events, left-wing militants decided in favour of the revolution, by forming armed groups to fight against the government. These groups, in activity in Brazil in the period between 1968 and 1973, were eventually massacred by the military regime, the majority of the combatants being murdered and those who survived suffering torture, living clandestinely, or sent to prison or into exile. Aiming at an understanding of the option for the armed fight as well as of the values and mobilizing impulse of these individuals, we comparatively analyzed ethical and passion elements in documents in the ALN’s and the VPR’s respective archives, according to the theoretical-methodological principles of French discourse semiotics. The approach of the notion of enunciation actor and particularly of the concepts of éthos and páthos, from a semiotic perspective, revealed similarities and differences in the discourses of the ALN and the VPR, based essentially on passion aspects.

Keywords: armed-fight discourse, discourse semiotics, enunciation actor, éthos, pathos

Fuente: Estudos Semióticos, Volume 7, Nº 1, São Paulo, junho de 2011, pp. 10–22.

© 2006 - Cedema.org - CENTRO DE DOCUMENTACION DE LOS MOVIMIENTOS ARMADOS