O maoísmo na esquerda brasileira: a trajetória do Partido Comunista do Brasil - Ala Vermelha
Fecha: 2012 06 16
Grupo: Artículos
País: Brasil
Categoria : Comunicado
 Logo del Grupo:


 Ficheros del Artículo:

Descargar Archivo
Soares_Santana.pdf


O MAOÍSMO NA ESQUERDA BRASILEIRA: A TRAJETÓRIA DO PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL - ALA VERMELHA

CRISTIANE SOARES DE SANTANA
Mestre em História Social do Brasil pela Universidade Federal da Bahia

RESUMEN: O Partido Comunista do Brasil surgiu a partir de uma cisão do Partido Comunista Brasileiro, ocorrida em 1962. Com o golpe de 1964, o PC do B passou a refletir sobre as práticas empreendidas até então e as novas táticas a serem utilizadas perante esse novo contexto social e político imposto pelos militares brasileiros. A conseqüência dessa reflexão ficaria explícita através da publicação do documento O golpe de 1964 e seus ensinamentos (1964), no qual estaria clara a decisão do PC do B pela adoção da luta armada. No entanto, o PC do B esbarrou num empecilho, com o qual conviveria durante toda a década de 60, que se refere à coexistência no seio do Partido de duas propostas: uma que preconizava a idéia da ação ligada às massas e a outra que acreditava numa política de enfrentamento com a ditadura. (SALES, 2000)

Acredita-se que esses impasses podem ter sido o ponto de partida para o desencadeamento de duas cisões ocorridas em 1966, no seio do Partido Comunista do Brasil, as quais constituíram o Partido Comunista Revolucionário (PCR) no Nordeste e o Partido Comunista do Brasil- Ala Vermelha (PC DO B- AV) 2no Centro – Sudeste, a qual se constitui em objeto de estudo deste artigo.

FUENTE: Anais do XXVI Simpósio Nacional de História – ANPUH, São Paulo, julho 2011.

© 2006 - Cedema.org - CENTRO DE DOCUMENTACION DE LOS MOVIMIENTOS ARMADOS