Mulheres militantes na Ditadura Militar: um olhar sobre a maternidade na clandestinidade
Fecha: 2014 11 22
Grupo: Artículos
País: Brasil
Categoria : Comunicado
 Logo del Grupo:


 Ficheros del Artículo:

Descargar Archivo
Koerich_Josiely-2014.pdf


MULHERES MILITANTES NA DITADURA MILITAR BRASILEIRA: UM OLHAR SOBRE A MATERNIDADE NA CLANDESTINIDADE

Josiély Koerich
Universidade Federal de Santa Catarina

RESUMO: Neste artigo busco analisar as vivências das catarinenses Derlei Catarina de Luca e Raquel Felau Guisoni, ambas militantes da Ação Popular durante o período que estiveram na clandestinidade. Considerando que esta organização de esquerda recomendava a seus integrantes que não tivessem filhos, pretendo refletir sobre a experiência de Derlei e Raquel que optaram pela maternidade. Por meio de fontes orais e do livro autobiográfico No corpo e na alma procurarei perceber ainda o que esta escolha acarretou nas vivências e na militância dessas mulheres durante a clandestinidade.

Palavras-chave: Maternidade; Clandestinidade; Mulheres; Ação Popular.

ABSTRACT: This paper aims to examine the experiences of catarinenses Derlei Catarina Luca and Raquel Felau Guisoni, both activists of Ação Popular, during the period they were in hiding. Whereas this leftist organization recommended to its members that do not have children, I want to reflect on the experience Derlei and Raquel who chose motherhood. Through oral sources and autobiographical book No corpo e na alma seek further realize that this choice resulted in the experiences of these women and militancy during underground.

Keywords: Maternity; Underground; Women; Ação Popular.
______________________________________________________________________________________________________

Fuente: Revista Santa Catarina em História - Florianópolis - UFSC – Brasil ISSN 1984-3968, v.8, n.1, 2014.

© 2006 - Cedema.org - CENTRO DE DOCUMENTACION DE LOS MOVIMIENTOS ARMADOS